top of page
Buscar
  • Foto do escritorOverseas Trading

Série: Portos Marítimos

O comércio marítimo é um dos principais expoentes da economia desde o início do próprio comércio.


Desde os primórdios do comércio, os portos sempre desempenharam um papel fundamental nas trocas comerciais entre diferentes países e regiões. Com o passar dos anos, essa importância só cresceu, tornando-se um dos principais expoentes da economia mundial.


Os portos são a tábua de salvação de civilizações e nações e têm efeitos de longo alcance numa variedade de domínios. Da defesa aos setores econômicos e financeiros, os portos marítimos controlam a prosperidade de uma nação.


Os países abençoados com costas abundantes são capazes de se expandir e crescer rapidamente devido aos vastos benefícios que os portos lhes proporcionam. Os países mais para o interior dependem das nações costeiras para vários bens e serviços, permitindo assim o comércio.


Um porto é uma estrutura designada onde navios e outras embarcações podem atracar. Locais onde se realizam muitas atividades relacionadas ao transporte de mercadorias, tais como carga e descarga de navios, armazenagem, movimentação de cargas, e muitas outras. Por conta disso, eles possuem uma infraestrutura complexa, com diversos equipamentos, tecnologias e sistemas que garantem o funcionamento de todas as etapas do processo.


Para facilitar a rápida entrada e saída das embarcações, são disponibilizadas diversas facilidades neste sentido. Isso pode incluir grandes pátios de contêineres, terminais portuários exclusivos e outras instalações auxiliares, como serviços, reparos e manutenção.


Atualmente, a indústria portuária é uma das mais importantes do mundo, gerando milhões de dólares todos os meses. Ainda mais evidente nos dias atuais, quando o comércio marítimo se encontra em pleno crescimento. Com a globalização e o aumento da interdependência entre diferentes países, as trocas comerciais se intensificaram, gerando a necessidade de um transporte mais eficiente e seguro de mercadorias.




Com isso, os portos se tornaram peças-chave para a competitividade de muitas empresas e países, proporcionando agilidade, segurança e eficiência para o transporte de mercadorias, o que impacta diretamente na economia global como um todo, representando uma importante fonte de receita e desenvolvimento para muitos países ao redor do mundo, e um papel fundamental na economia global. Com a evolução das tecnologias e sistemas, esse mercado tende a se expandir ainda mais, abrindo novas oportunidades de negócios e investimentos para diversos setores da economia.


Os portos são encontrados em todo o mundo, em todos os continentes, incluindo a remota Antártida, e atendem a uma ampla variedade de bens e serviços. Assim, classificá-los em portos principais e secundários pode ser complicado.


Neste sentido, a maioria dos portos concentra-se hoje principalmente em mercadorias transportadas através de contentores. Assim, estes contentores são utilizados para obter uma estimativa aproximada da saúde geral de um porto.

Todos os anos, é emitida uma nova classificação dos principais portos marítimos. Na maioria das normas, guias e publicações internacionais, o tráfego de contêineres medido em TEU’s é considerado referência para o tráfego portuário. TEU é uma medida padrão usada para medir os movimentos de contêineres e a capacidade dos navios porta-contêineres.


Um TEU refere-se a unidades equivalentes a vinte pés, onde 20 pés é o comprimento médio de um contêiner. Os contêineres de quarenta pés são contabilizados como 2 TEUs.


Neste gráfico segue os 10 maiores Portos do mundo, seguindo como base o tráfego de contêineres (tráfego de TEU):


Nos próximos posts falaremos sobre cada um desses portos, nos acompanhe!


4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page